A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), vinculada à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), realiza anualmente o Encontro Tecnológico do Café. Desta vez, em sua 15º edição, o evento acontece em formato de Dia de Campo Virtual em decorrência da pandemia de Covid-19. A partir de segunda-feira (18/5), produtores e demais integrantes da cadeia do café já podem ter acesso a vídeos que abordam temas como orientações de prevenção ao coronavírus na colheita do café, produção de mudas de café, cultivares MGS Aranãs e MGS Paraíso 2, além de outros assuntos relevantes para os cafeicultores em momento de pandemia.

Os temas divididos em cinco estações já estão disponíveis na Rede Social do Café. A plataforma, ativa há 15 anos, é utilizada para transferência e difusão de tecnologia em café. O pesquisador do Instituto Agronômico de Campinas (IAC) e mediador da Rede Social do Café, Sérgio Parreiras, acredita que a parceria com a Epamig para a realização do evento, é uma grande oportunidade para distribuição efetiva dos conteúdos.

“Além de ser o mediador dessa parceria tão importante, faço parte do evento divulgando os resultados do trabalho de pesquisa 'Perfil dos Usuários de Grupos do WhatsApp do Sistema Agroindustrial dos Cafés do Brasil'. Nossa intenção é que essas informações cheguem para um número maior de pessoas, uma vez que o assunto café é tão importante para os brasileiros”, ressaltou Sérgio.

A estação Cultivares de Café – MGS Aranãs e MGS Paraíso 2, conduzida pelo pesquisador da Epamig, César Elias Botelho, aborda as cultivares lançadas recentemente pelo Programa de Melhoramento de Café da Epamig. “Trabalhamos desde o início da década de 70 com desenvolvimento e adaptação de cultivares com foco na resistência a ferrugem, principal doença que atinge o cafeeiro, além de outras características, como a qualidade da bebida. A Paraíso 2, por exemplo, possui material semiprecoce, em que ocorre a maturação mais cedo, algo que está em falta no mercado” explica César.

Os vídeos ficam disponíveis na plataforma por tempo indeterminado. A Epamig é responsável pela realização do evento que tem o apoio da Emater-MG, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - FAPEMIG, Instituto Agronômico de Campinas (IAC), Rede Social do Café, Universidade Federal de Lavras – UFLA e Consórcio Pesquisa Café.

Programao Dia de Campo Virtual

Ascom Epamig

Foto: Epamig / Divulgação